Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. ExpoT&C: bate-papos sobre holografia e carnaval atraem visitantes ao estande da Finep no 2º dia da mostra
fechar
Compartilhar

portelasbpc
Luis Carlos Magalhães, presidente da Portela, foi um dos palestrantes no estande da Finep

A movimentação em frente ao estande da Finep na ExpoT&C, feira de ciência, tecnologia e inovação da 69ª Reunião Anual da SBPC, que acontece na Universidade Federal de Minas Gerais até o próximo sábado (22), chama a atenção de quem circula pelo pavilhão. Na manhã de terça-feira (18), os participantes da mostra participaram de um bate-papo com o pesquisador responsável pela sala 3D que já atraiu centenas de estudantes e curiosos ao espaço da financiadora: o coordenador do Grupo de Realidade Virtual e Aumentada do Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia (Lamce) da Coppe/UFRJ, Gerson Cunha. Veja álbum de fotos no Facebook da Finep.

O engenheiro desvendou os segredos por trás da pirâmide holográfica de acrílico, que mede 2m X 2m X 1,5m. Instalada numa sala escura, a tecnologia imersiva conta a história do planeta terra e da Finep em pouco mais de 12 minutos. "O objetivo desse projeto é envolver as pessoas, independentemente da faixa etária. A solução visual é conhecida. A verdadeira mágica está na boa história que conseguimos contar", explica Cunha.

Quatro projetores são responsáveis pelo vídeo projetado no teto curvo, semelhante ao de um planetário. Ao mesmo tempo, outro aparelho projeta um segundo vídeo em cima de uma tela colocada sobre a pirâmide. Um software simples sincroniza as exibições. Como resultado, nosso cérebro constrói a holografia dentro da pirâmide, dando a impressão de que a narrativa contada flutua no centro do ambiente. Os equipamentos, garante o professor da Coppe/UFRJ, são parecidos com os que encontramos em salas de aula, por exemplo. Os projetores do estande têm capacidade de 2000 ANSI Lumens – os aparelhos convencionais operam na faixa de 1500 a 3000. Os visitantes da ExpoT&C poderão conferir a "mágica" gratuitamente até o próximo sábado (22). A feira funciona de 9h às 18h.

Carnaval: gestão cultural e inovação

A inovação não está presente apenas nos ambientes 3D, diretamente associados à ciência e à tecnologia, mas também no campo da cultura. Na tarde desta terça (18), Luis Carlos Magalhães, presidente da Portela, escola de samba mais vencedora do carnaval carioca, deu uma palestra-aula no espaço da financiadora sobre grandes inovações e inovadores da festa popular, considerada por muitos o maior espetáculo a céu aberto do mundo, que atrai um milhão de turistas à cidade maravilhosa.

"O carnaval é o encontro marcado entre o povo brasileiro e a sua história. A inovação está presente na festa desde a sua criação e se faz presente quando grandes personalidades ou movimentos mudam intencionalmente características previamente estabelecidas para o evento", ressaltou Magalhães.

Para o presidente da Portela, o primeiro grande inovador nessa tradição foi Hilário Jovino, que, na segunda metade do século XIX, transformou os ranchos natalinos, com formato de procissão, em ranchos carnavalescos. A segunda grande inovadora foi Chiquinha Gonzaga, criadora da primeira música carnavalesca, o clássico Ó Abre Alas, de 1899. "À época, não havia canções de carnaval, apenas bailes de máscara. O importante até então não era a música, mas o espírito carnavalesco", conta Magalhães. Posteriormente, em 1916, Donga compõe o primeiro samba gravado, Pelo Telefone – "samba com levada de maxixe".

Seguindo a linha do tempo, a turma do Estácio, bairro do Rio de Janeiro, inventa o samba carioca e a forma de cantar e dançar "andando para frente", origem das escolas de samba. Paulo da Portela, que cria o primeiro samba enredo da história, em 1939; Fernando Pamplona, que abre mão de contar a história oficial durante o espetáculo; Joãozinho Trinta, que leva destaques do chão para os carros alegóricos e verticaliza a festa; e, recentemente, Paulo Barros, que insere na festa a linguagem pop, de influência hollywoodiana, são exemplo de nomes que contribuíram para revolucionar o espetáculo. Quem será o próximo Santos Dumont do carnaval?
As palestras no estande da Finep contemplam diversos temas e acontecem diariamente até o dia 21, sempre às 10h27 e 15h37. Confira a programação e participe.

 

Rio de Janeiro

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.

São Paulo

Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 510 - 9º andar - Itaim Bibi
CEP: 04543-000  - São Paulo - SP

Brasília

SHIS QI 1 - Conjunto B - Bloco D - 1º Subsolo.
Ed. Santos Dumont - Lago Sul
CEP: 71605-190 - Brasília - DF

Fortaleza 

Av. Dom Luis, 807-20º e 21º pavimento
Meireles, CEP 60160-230 - Fortaleza - CE