Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados.
fechar
Compartilhar


zikamosquito

A Finep anunciou nesta quinta-feira, 24/3, o PROGRAMA INOVA SAÚDE: ZIKA E ARBOVIROSES, que vai destinar R$ 200 milhões em crédito subsidiado para empresas brasileiras trabalharem o tema sob vários aspectos, entre os quais: formas de transmissão, aperfeiçoamento de diagnósticos molecular e sorológico, desenvolvimento de novos larvicidas e repelentes, e a relação do vírus com a microcefalia.

Estão aptas a participar empresas com no mínimo três anos de funcionamento e que possuam faturamento superior a R$ 5 milhões. Os planos de negócio deverão ter valor mínimo de R$ 1 milhão e o prazo de execução é de até 36 meses. As propostas para o Inova Saúde terão prioridade na análise técnica e condições especiais e deverão ser apresentadas até dezembro deste ano.

O crescimento dos casos de doenças ligadas ao Aedes aegypti (dengue, chikungunya e zika) no País motivaram o lançamento do programa, que tem como objetivo identificar soluções tecnológicas e aumentar o patamar de conhecimento científico sobre o tema.

Mobilização nacional

O Inova Saúde: Zika e Arboviroses faz parte do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia, criado recentemente pelo Governo para conter novos casos de microcefalia, oferecer suporte às gestantes e aos bebês e intensificar as ações de combate ao mosquito. Diferentes ministérios e órgãos do governo estão trabalhando conjuntamente, em parceria com estados e municípios. O Plano trabalha em três frentes: mobilização e combate ao mosquito, atendimento às pessoas e desenvolvimento tecnológico, educação e pesquisa.

Na fase atual do Plano, o Governo incentiva a realização de pesquisas para o desenvolvimento de tecnologias para o diagnóstico do zika e fomenta pesquisas para o controle do mosquito com técnicas inovadoras. O vírus, o comportamento da doença e suas correlações serão objeto de estudos, assim como microcefalia, outras malformações congênitas e síndrome de Guillain-Barré. O desenvolvimento da vacina contra o zika também está em pauta.

Edital não reembolsável de R$ 30 milhões

A Finep disponibilizou R$ 30 milhões CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT 01/2016 ZIKA voltada para Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), conforme anúncio feito pela presidenta Dilma Rousseff, na quarta-feira (23/3), em Brasília.

 

Rio de Janeiro

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.

São Paulo

Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 510 - 9º andar - Itaim Bibi
CEP: 04543-000  - São Paulo - SP

Brasília

SHIS QI 1 - Conjunto B - Bloco D - 1º Subsolo.
Ed. Santos Dumont - Lago Sul
CEP: 71605-190 - Brasília - DF

Fortaleza 

Av. Dom Luis, 807-20º e 21º pavimento
Meireles, CEP 60160-230 - Fortaleza - CE