Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Parque Tecnológico da UFRJ inaugura a Inovateca, com recursos da Finep/MCTI
fechar
Compartilhar

 inovateca

 

O Parque Tecnológico da UFRJ inaugurou, no dia 10/11, a Inovateca, um espaço dedicado ao empreendedorismo e à inovação, dentro da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O projeto tem recursos da Finep/MCTI.

A Inovateca tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento científico e econômico da sociedade. Um espaço para compartilhar conteúdo, conexões e experimentação com atividades para o desenvolvimento e apoio de projetos que inspirem iniciativas inovadoras e empreendedoras nos mais diferentes níveis de maturidade. Um lugar onde o meio acadêmico e instituições do setor privado se encontram através das mais diversas atividades e interações.

O novo espaço abrigará aulas, palestras, workshops, atendimentos, eventos, treinamentos, capacitação, realização de pitches, demodays, hackathons e várias outras atividades, contando com salas de reunião, arena, auditório, salões de convivência, espaço para alunos, empresas e interessados em inovação. Com operação hibrida, a Inovateca funcionará fisicamente e virtualmente, através de plataforma online. As atividades poderão ser realizadas nos dois modelos, possibilitando que todos participem, independente de bairro, cidade, estado ou país. Faça aqui um tour virtual.

O lançamento, transmitido ao vivo, através do canal do Parque no Youtube, teve como anfitriões a reitora da UFRJ, Denise Pires de Carvalho, e o diretor do Parque Tecnológico, Vicente Ferreira. O superintendente da Área de Pesquisa Aplicada e Desenvolvimento Tecnológico da Finep/MCTI, Marcelo Camargo, fez uma participação em vídeo. "Ao longo dos últimos 20 anos, a Finep vem apoiando as inciativas do Parque Tecnológico da UFRJ, com recursos totais de aproximadamente R$ 20 milhões. Acreditamos que é de imensa importância termos o Parque no Rio de Janeiro, como um habitat de inovação que permite que se possa pavimentar o desenvolvimento regional no estado, na área de inovação", afirma Camargo.

Para Vicente Ferreira, diretor do Parque Tecnológico da UFRJ, a Inovateca chega para marcar a retomada após o período mais crítico da pandemia e seu funcionamento também virtual segue a tendência mundial. "Espero que a Inovateca seja um marco da retomada para todo o ecossistema de inovação da UFRJ. O fato de ela conjugar a dimensão presencial com a online, segue a tendência dos metaversos com uma enorme vantagem sobre os que estão por aí: ser descentralizada. Acredito que ela irá se tornar um ativo importantíssimo para a comunidade ao promover um intercambio maior entre os que têm interesse em contribuir para o desenvolvimento de iniciativas inovadoras", diz Ferreira.

(Com informações da Ass. de Comunicação do Parque Tecnológico da UFRJ)