Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Finep/MCTIC financiou estudo que respaldou lançamento do Canabidiol brasileiro
fechar
Compartilhar

canabidiol123 
Funcionário da empresa sediada em Toledo (PR): qualidade superior à dos similares importados

 

A indústria farmacêutica brasileira Prati-Donaduzzi recebeu autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a fabricação, no Brasil, do primeiro medicamento à base de Canabidiol. A indicação terapêutica do produto será determinada pelos profissionais médicos na prescrição.

“Como forma de valorizar e reconhecer todas as mães que lutam pelo direito de acesso ao tratamento de seus filhos, nosso objetivo é que o Canabidiol Prati-Donaduzzi esteja disponível nas melhores farmácias do Brasil até o Dia das Mães”, afirma o diretor-presidente da farmacêutica, Eder Fernando Maffissoni.

O Canabidiol da Prati-Donaduzzi é uma versão do medicamento que está em estágio final do estudo clínico - fase III, através de uma parceria público-privada entre a Prati-Donaduzzi e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da Universidade de São Paulo. Esta pesquisa contou com o aporte financeiro da Finep/MCTIC da ordem de R$ 180 milhões.

O medicamento estará disponível em solução oral 200 mg/ml e será produzido a partir do princípio ativo puro, livre da substância psicoativa THC (Tetrahidrocanabinol). 

Com o lançamento da Prati-Donaduzzi, o tratamento com o Canabidiol brasileiro torna-se realidade, possibilitando mais acesso, garantia de qualidade e segurança aos pacientes que encontram no produto a melhora da qualidade de vida.

“Há mais de seis anos investimos pesado em pesquisa científica para garantir evidências de uso, segurança e eficácia, seguindo rigorosamente o que rege nossa legislação”, diz Maffissoni.

A Prati- Donaduzzi é a primeira empresa brasileira a participar do programa Finep Conecta, destinado a apoiar projetos cooperativos envolvendo empresas e Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs). Foram assinados com o grupo dois contratos de financiamento. Um deles é o que deu sequência aos estudos para obtenção do canabidiol com alto grau de pureza, possibilitando a condução dos ensaios necessários para o registro do medicamento. O projeto recebeu recursos no total de R$ 20 milhões do Finep-Conecta, nova linha de crédito que opera com taxas de juros menores e prazos e carências mais longos. Esses recursos foram repassados à Faculdade de Medicina da USP-Ribeirão Preto, parceira do projeto.

 “Nossa história e estrutura nos respaldam às inovações. Contamos com um trabalho intenso na Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PDI), que aliado aos mais modernos e tecnológicos processos produtivos permitem avanços constantes. Nossa logística própria, com centros de distribuição espalhados em todos os estados do Brasil, ainda nos coloca presente em todo o território nacional, em 55 mil farmácias”, destaca Maffissoni.

A oferta deste primeiro produto no mercado farmacêutico brasileiro é um avanço para profissionais da saúde, pacientes e familiares que há anos lutam para simplificar e facilitar a aquisição mediante indicação médica.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prati Donaduzzi

Atenção: A matéria acima substitui versão anterior veiculada no dia 29 de abril e despublicada no mesmo dia.

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.



 

Outros endereços e telefones da Finep.