Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Equipe da Finep visita Libbs Farmacêutica, que teve apoio da financiadora
fechar
Compartilhar

Libbs1

Liderada pelo presidente, General Waldemar Barroso (terceiro da esq. para dir.), comitiva da Finep vistou a Libbs (George Cassim/Libbs). 

 

O presidente da Finep, General Waldemar Barroso, visitou as instalações dos laboratórios da Libbs Farmacêutica, em Embu das Artes (SP), nesta quinta-feira (1 / 8 ), acompanhando de equipe da financiadora.

"Além da oportunidade de conhecer uma empresa na qual transparecem competência e inovação de primeiro mundo, a vinda à Libbs me trouxe à memória as aulas de biologia e química. Sinto que muitos jovens se beneficiariam de visitas semelhantes, despertando a paixão pela ciência aplicada em inovações no futuro", disse o presidente da Finep.

A Libbs tem apoio da Finep no desenvolvimento de medicamentos biológicos, com financiamento de R$ 261 milhões, dos quais R$ 10 milhões em recursos de subvenção econômica.

No total, o laboratório está desenvolvendo seis fármacos desse tipo, sendo o primeiro o Vivaxxia, que acaba de obter autorização de registro da Anvisa. Trata-se do primeiro medicamento de anticorpo monoclonal produzido no Brasil.

 

Libbs2

 Monique Mantovani, coordenadora de Produção Biotec - Gastos Gerais de Fabricação da Libbs, explica detalhes da empresa à equipe da Finep (George Cassim/Libbs).

 

Os novos fármacos do tipo “anticorpos monoclonais” (biossimilares) estão na vanguarda mundial e representam uma alternativa promissora de tratamento do câncer e de doenças autoimunes. “O fato de estarmos produzindo esses medicamentos no Brasil, torna-os acessíveis a mais pessoas, ao mesmo tempo em que reduz a dependência tecnológica e a vulnerabilidade do país em relação ao mercado internacional”, afirma o superintendente da Área de Inovação da Finep, Rodrigo Seccioso.

O Plano de Inovação da Libbs, apoiado pelo Programa Inova Saúde, lançado pela Finep em 2013, permitiu à farmacêutica a inserção na seleta cadeia de empresas mundiais com capacidade de desenvolver e produzir medicamentos inovadores de alto valor agregado, utilizando a rota biológica. O apoio da Finep tem se dado tanto nas etapas preliminares do P&D de bancada, como nas etapas intermediárias do ciclo de validação regulatória (estudos clínicos em suas diversas fases) e na capacitação da infraestrutura produtiva (nas escalas piloto e industrial).

No que concerne às políticas públicas de saúde, o desenvolvimento de medicamentos biológicos pela indústria nacional é extremamente prioritário para o Ministério da Saúde, já que os elevados custos de importação desses medicamentos têm causado impacto significativo na balança comercial brasileira. Também por isso, a Libbs, em parceria com o Instituto Butantan, foi incluída no programa de Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDP’s) do Ministério da Saúde.

“O registro do Vivaxxia é a prova de que o Brasil tem condições de produzir medicamentos de anticorpos monoclonais biossimilares seguros e eficazes. Isso representa um salto tecnológico para o país, amplia o acesso da população a medicamentos complexos e estimula a competitividade do mercado”, explica Marcia Bueno, diretora de Relações Institucionais da Libbs.

 

libbs3

 Laboratório da Libbs.

 

Segundo a executiva, a Libbs está apta a atender aos mais exigentes requisitos de órgãos regulatórios nacionais e internacionais – “o que faz da nossa fábrica uma plataforma de desenvolvimento, produção e exportação de biofármacos”.

Acompanharam o presidente da Finep Carlos Coelho, assessor da presidência, Rodrigo Secioso, superintendente da Área de Inovação 3, e Paulo Roberto Costa, superintendente da Área de Inovação 4.

 

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.