Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Programa Telecom avança com apoio à aquisição de fibra óptica
fechar
Compartilhar

AbrintSuperintendente da Finep, André Nunes, fala das novidades do Telecom na Abrint 2018 (Foto: Divulgação)

 

Como já era de se esperar, a ampliação da linha de crédito da Finep voltada para aquisição de equipamentos de telecomunicações 100% nacionais movimentou o mercado. Com a inclusão, no último mês de abril, da possibilidade de financiamento de cabos de fibra óptica, uma das maiores demandas das empresas de internet, a Finep já identificou um grupo de aproximadamente 20 novas empresas que se somam a outras 30 interessadas em obter apoio do programa Telecom, lançado há um ano. A maioria já deu o primeiro passo, ao acessar o cadastro destinado à concessão de crédito no site da financiadora.

A boa nova foi anunciada pelo superintendente da Área de Inovação da Finep, André Nunes, em palestra no segundo dia do Encontro Nacional de Provedores Regionais da ABRINT (Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicacões), que acontece em São Paulo (capital), até o dia 8 de junho.

Ao lado da Finep, também marcaram presença no painel sobre financiamento, representantes do BNDES, Caixa Econômica Federal e Banco do Nordeste. Segundo André Nunes, a entrada da fibra óptica vai ajudar as empresas a conseguirem apresentar projetos na ordem de R$ 500 mil – valor mínimo previsto no programa. "Estamos adequando o nosso produto às necessidades do setor, mantendo sempre o foco em inovação", disse. Com essa inclusão, a Finep passa a apoiar a expansão de rede no País praticamente em sua totalidade.

O objetivo do programa é reaquecer o mercado e estimular o desenvolvimento e a consolidação da cadeia nacional de fornecedores de equipamentos e de serviços de telecomunicações. Por isso, para serem adquiridos, os cabos de fibra ótica precisam seguir os padrões NCM 8544.70 e, assim como os equipamentos, serem certificados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), conforme exposto na Portaria MCT Nº 950. Os recursos, da ordem de R$ 630 milhões, são reembolsáveis e serão disponibilizados via Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel). Haverá limitação de 60% do financiamento para aquisição de fibra (o restante precisa ser equipamento).

Até o momento, o Telecom recebeu oito propostas, duas delas aprovadas e que totalizam cerca de R$ 6 milhões. As empresas interessadas podem acessar a linha de crédito pelo site da financiadora: www.finep.gov.br. Ao finalizar o cadastro, que é único para todas as empresas que desejam obter financiamento da Finep, os interessados no Telecom deverão preencher formulário específico, também disponível na página da Finep. 

Veja aqui entrevista do André Nunes.

 

 

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.