Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Referência em oncologia de precisão no Brasil, empresa gaúcha inova ao desenvolver tecnologias para a saúde da mulher
fechar
Compartilhar

 

 ZielMulheresInovadoras

 

Transformando ideias em ideais. Este é o lema da Ziel Biosciences, empresa de Porto Alegre voltada para pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores na área da oncologia e saúde da mulher. A startup foi uma das cinco vencedoras do Programa Mulheres Inovadoras – uma iniciativa da Finep e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

A empresa surgiu em 2011, quando três colegas de laboratório da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) começaram a pensar em como seria útil para a vida dos pacientes com câncer ter um teste que indicasse se um determinado medicamento é adequado ou não para o seu tratamento. “Além de perder tempo, se frustrar, a pessoa acaba ganhando uma toxicidade desnecessária, e isso é solucionado pela oncologia de precisão, para que a pessoa tome o remédio certo”, explica a CEO da Ziel, Caroline Brunetto de Farias.

Incentivadas pelo professor Dr. Rafael Roesler, as alunas de mestrado e doutorado do curso de Biologia Celular e Molecular participaram do Prêmio Santander de Empreendedorismo e, dentre as mil ideias inscritas, o empreendimento foi um dos quatro finalistas do Rio Grande do Sul. Desde então, o ChemoBiogram, que ajuda a escolher qual o melhor medicamento para o tratamento do câncer, tem sido o principal produto da empresa.

Pensando na autonomia e no empoderamento feminino, a Ziel também está desenvolvendo um autocoletor e um autoteste para auxiliar na detecção de lesões e câncer de colo de útero. O primeiro, que já está validado e espera registro da Anvisa, é parecido com um aplicador de creme vaginal e pode ser usado para a descoberta de HPV e DSTs. Já o segundo, semelhante a um teste de gravidez, está em teste de validação laboratorial e apresenta 98% de eficácia.

 

KitZielMulheresInovadoras

Kit com autocoletor e autoteste produzido pela Ziel


“Mesmo com acompanhamento uma ou duas vezes por ano, muitas mulheres são surpreendidas com a notícia de um câncer porque o exame papanicolau apresenta apenas 50% de eficácia. Para aquelas que não têm acesso aos serviços de saúde, essa situação fica ainda mais grave. Nosso objetivo é democratizar esse acesso", explica a bióloga, acrescentando que, ainda hoje, muitas mulheres têm receio de ir ao ginecologista por sentirem vergonha ou constrangimento.

A Ziel participou do Programa Mulheres Inovadoras da Finep/MCTI junto a outras 21 empresas e foi uma das cinco finalistas, recebendo o prêmio de R$ 100 mil reais. “O programa foi um marco na nossa história, um verdadeiro processo de imersão, no qual olhamos para dentro de nós mesmos, da nossa empresa. Ele cooperou para crescermos muito em pouco tempo. Os mentores nos ajudaram a construir uma caminhada. Todas as críticas e conselhos foram importantes para chegarmos mais fortes e prontos no mercado. O dinheiro é importante, mas também é preciso tempo, dedicação e energia. Nem sempre somente ele é a solução: precisamos de mãos que abracem a causa, que vistam a camisa do projeto”, comemora a cientista.

 

Mulheres Inovadoras

O programa é uma atividade decorrente do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o MCTI, a Finep e a prefeitura do município de São Paulo, que tem como finalidade apoiar o empreendedorismo feminino, procurando utilizar a experiência das instituições na formulação de políticas, coordenação de programas e aporte de recursos para o apoio a empresas nascentes inovadoras e de base tecnológica.

A iniciativa conta, ainda, com o apoio de parcerias engajadas em alavancar a participação feminina no empreendedorismo, como a RME - Rede Mulher Empreendedora, Adesampa e Founder Institute.