Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Quatro décadas da Música Popular Brasileira em livro
fechar
Compartilhar

A história da Música Popular Brasileira entre 1967 a 2007 é tema do livro "MPB – A alma do Brasil" (ed. Imprinta Express, 2009), organizado pelo pesquisador e musicólogo Ricardo Cravo Albin. A Finep apoiou o projeto com um patrocínio de cerca de R$ 200 mil.
 
Na obra, Albin e mais quatro autores – João Máximo, Artur Xexéo, Antônio Carlos Miguel e Luiz Antônio Giron – mergulham na trajetória de diferentes gêneros musicais do período, da marchinha até o mangue-beat de Chico Science e os novos sambistas da Lapa, bairro boêmio carioca.
 
Cada autor convidado se debruçou sobre uma das quatro décadas apresentadas. “Sintetizar 40 anos de MPB em um só livro não é fácil. Por isso, convidei críticos musicais do mais alto nível para dividir a tarefa”, afirma Ricardo, que assina a introdução da obra, em que disserta sobre as raízes da música brasileira.  
 
Dois CDs, com 15 músicas cada, acompanham a publicação. Entre as canções escolhidas, estão "Andança", apontada como uma canção emblemática da época dos festivais, na voz de Beth Carvalho; "As rosas não falam", clássico de Cartola; "Samba da cabrocha bamba", raridade interpretada por Elizeth Cardoso; "Explode Coração", por Maria Bethânia; e "O que é o que é?", de Gonzaguinha.
 

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.