Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Grupo Camerístico do Rio de Janeiro se apresenta na Finep
fechar
Compartilhar

O Grupo Camerístico do Rio de Janeiro apresenta programa dedicado a Villa-Lobos na série Concertos Finep do dia 11 de agosto. O recital é às 18h30, e a entrada é franca, sem distribuição de senhas.
 
Criado em 2009 com o objetivo de homenagear os 50 anos da morte do maestro, o grupo é formado pelo clarinetista membro da Orquestra Sinfônica Nacional, Márcio Costa; o integrante do naipe de oboés da Orquestra Petrobras Sinfônica (OPES) e da Oquestra Sinfônica Brasileira (OSB), José Francisco Gonçalves; a pianista efetiva do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Priscila Bomfim; o professor de flauta transversa da UFRJ, Rubem Schuenck; e Ariane Petri, primeiro fagote da OSB e da OPES. 
 
Programa 11/8

Villa-Lobos:
Canção de Amor e Melodia Sentimental
Bachianas Brasileiras nº 6
Fantasia Concertante
Quartuor
 
Conheça os integrantes do Grupo:

Marcio Costa é bacharel em clarineta pela UFRJ. Iniciou seus estudos aos 12 anos no Rio de Janeiro, com o Professor Moisés Antonio dos Santos. Em 2002, recebeu do clarinetista Wolfgang Meyer uma bolsa de estudo do governo de Baden-Wütemberg (Alemanha) para estudar durante um ano na Hochschule für Musik, em Karlsruhe. É vencedor de concursos como “Jovens Solistas Eleazar de Carvalho 2003”, “Concurso Jovens Solistas Nelson Freire 2004”, “Jovens Solistas Armando Prazeres 2005”, “Talentos Radio MEC 2006”, e obteve o 1º lugar no concurso “Jovens Músicos 2008”, projeto Música no Museu. Atualmente é membro da Orquestra Sinfônica Nacional desde 2006 e atua regularmente como recitalista e camerista.
 
José Francisco Gonçalves nasceu no Rio de Janeiro. Estudou oboé na UFRJ, com o professor Moacyr José de Freitas. Dentre vários prêmios como instrumentista, destacam-se o 1º lugar no VII Concurso Jovens Instrumentistas e no Prêmio de Melhor Intérprete de Música Brasileira (Piracicaba, SP); 1º lugar no XI Concurso Jovens Instrumentistas (Piracicaba, SP); finalista do Primeiro Concurso Nacional Para Solistas da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo; e o 1º lugar no Concurso Jovens Solistas da OSESP. Atualmente, atua como professor de oboé da UFRJ e é membro integrante do naipe de oboés da OPES e da OSB.  
 
Priscila Bomfim nasceu em Braga, Portugal, onde começou seus estudos musicais e foi premiada em seu primeiro concurso de piano, aos nove anos de idade. No Brasil, continuou seus estudos com os professores Mary Benaion, Luis Henrique Senise e Miriam Grossman na UFRJ, onde concluiu o bacharelado e atualmente cursa regência. Aperfeiçoou seus estudos em festivais no Brasil e nos Estados Unidos, e representou o Brasil no Chile, em 2000, no Zicosur Musical. Foi premiada em diversos concursos de piano e música de câmara: o V Concurso Nacional de Cordas Pró-Música de Juiz de Fora (MG), e o IV Concurso Nacional de Música de Câmara Henrique Nirenberg.
É pianista efetiva do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, atuando na preparação do coro e solistas das temporadas de ópera e em montagens líricas em outros projetos no Rio. 
 
Rubem Schuenck nasceu em Nova Friburgo (RJ). Iniciou seus estudos de flauta transversa aos 11 anos com o Professor Helio Veloso Teixeira e posteriormente com Helder Teixeira. No Rio de Janeiro, cursou o Bacharelado na UFRJ. Participou dos festivais da ABRAF e de Campos do Jordão, tendo como orientadores os flautistas Michael Faust, Norton Morozowicz, Anders Ljungar-Chapelon, e Michel Bellavance, entre outros.
Desde 2006, tem se apresentado regularmente com a Orquestra Sinfônica Nacional, desenvolvendo grande repertório orquestral de flauta e piccolo. É professor de flauta transversa na Escola de Música da UFRJ e professor do Curso de Flauta Transversa da Fundação Educacional de Volta Redonda, sob a direção do Maestro Nicolau Martins.
 
Ariane Petri atua no cenário musical carioca desde 1997, e tem sido presença constante desde que chegou da Alemanha para se juntar à OSB, após importante experiência orquestral na Real Filarmonia de Galícia (Espanha).
Em sua trajetória contam-se turnês dentro e fora da Alemanha, que vão da música renascentista - com o grupo Heinrich Isaak Ensemble - à música contemporânea, como integrante do quinteto Moravian.
Ainda adolescente, Ariane conquistou vários prêmios, tanto com o fagote quanto com o piano, estudando mais tarde música orquestral, licenciatura e letras alemães em Karlsruhe. Cursou mestrado em Música Brasileira na Uni-Rio (RJ) e é primeiro fagote na OSB e na OPES.


 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.