Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Crianças de escolas públicas tiram dúvidas sobre ETs no Planetário da Gávea
fechar
Compartilhar

Na última terça-feira, por volta das 19h, 30 crianças entre 8 e 12 anos entraram no Planetário da Gávea, na Zona Sul do Rio, portando pijamas, escovas de dente e muitas perguntas. “Eu quero saber como é a Lua e Saturno”, disse Ademir Damacena, de 10 anos. Já a menina Anna Grabrielly de Paula, de 9 anos, certa da existência dos ‘ETs’, só pensava em conhecê-los. “Dizem que tem marciano em Marte, né? Queria ser astrônoma pra poder ver como  eles são”, explicou – mas foi imediatamente interrompida pela colega Yasmim da Silva, da mesma idade. “É claro que não existe ET, não está provado!”.
 
Os três estudam na Escola Municipal Madre Tereza de Calcutá, em Curicica, Zona Oeste do Rio. A instituição foi uma das três escolhidas para passar a noite no Planetário, com tudo pago pela Finep, no projeto “Dormindo com as estrelas”. Todos os anos, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, a Finep leva crianças de escolas públicas a eventos culturais e educativos. Neste ano, por conta do Ano Internacional da Astronomia, a Financiadora optou pelo projeto do Planetário, realizado pela empresa “Espaço e Vida”.
 
Em um período de 17h – compreendido entre 18h do dia 20 e 11h do dia 21 – as 30 crianças fizeram um passeio guiado pelos astrônomos da Casa; participaram de gincanas; jantaram e dormiram juntas e ainda assistiram à projeção do céu e dos astros na cúpula – a atividade de maior sucesso. Tudo supervisionado pelos professores da escola Madre Tereza e pelos três monitores da “Espaço e Vida”. “Para garantir que as crianças absorvessem o conhecimento proporcionado pelo passeio, fizemos um torneio, com perguntas sobre os temas abordados, valendo brindes”, explicou Augusto Brilhante, um dos monitores. Além disso, houve atividades envolvendo reciclagem e cuidado com o meio ambiente.
 
De acordo com uma das inspetoras da escola, Ermendia Perroute, são raras as ocasiões em que as famílias levam suas crianças para passeios educativos como estes. “Algumas delas nunca tinham ido à praia e ficaram encantadas quando passaram de ônibus pela orla”, contou. Carlos Henrique Torres, professor de Geografia e idealizador da “Espaço e Vida”, ficou surpreso ao ver que havia crianças que não sabiam que o sol era uma estrela. Decidiu ficar até mais tarde para ajudar o astrônomo nas explicações. “Esse tipo de conhecimento deveria vir da família, uma vez que o aprendizado dentro da escola é limitado – justamente por ser baseado em livros e não no contato com a realidade”, explicou. 
 
Esta foi a primeira vez que o Planetário recebeu crianças de escolas públicas no projeto “Dormindo com as estrelas”. No dia seguinte (21), foi a vez da Escola Municipal Lincoln Bicalho Roque, também de Curicica. Hoje, alunos do Ciep Rubens Gomes, em Barros Filho, na Zona Norte, dormirão fora de casa e levarão, para suas famílias, um pouco mais de conhecimento sobre o espaço.

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.