Financiadora de Inovação e Pesquisa

Retornar para Organograma

Departamento de Investimento em Fundos e Participações (DIFP)

Gerente

Dalmo Moreira Júnior

dmjunior@finep.gov.br

(21) 2555-3640

Currrículo

Dalmo Moreira Jr. graduado em economia pela Faculdade de Ciências Políticas e econômicas do Rio de Janeiro e pós-graduado em Gestão Pública pela Universidade Cândido Mendes. Possue 16 anos de experiencia em corporações do setor privado nas áreas financeira, de tecnologia da informação, telecomunicações e trade marketing, atuando nas seguintes empresas e funções: IBM – analista financeiro e especialista de vendas, Lexmark – gerente de canais indiretos, Claro (operadora de telefonia celular) – gerente de contas e Oi (operadora de telefonia celular) – gerente regional de vendas corporativas. Atuou também como consultor em projetos de capacitação de equipes de varejo nos setores de telefonía móvel e bebidas. No setor público, entre 2010 e 2011, desenvolveu projetos de redução de despesas e otimização de processos na área administrativa e financeira da Anac – Agência Brasileira de Aviação. Na Finep, atuou entre 2012 e 2013 no departamento de prestação de contas de subvenções e contratos, sendo responsável pela análise e fiscalização financeira de projetos reembolsáveis de uma carteira específica de empresas – todas de médio e grande porte. A partir de 2014, passou a atuar no departamento de captação, fomentando e desenvolvendo novas fontes de recursos, tanto nacionais quanto internacionais. Contribuiu decisivamente para a captação de US$ 1,5 bilhão junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento- BID, coordenando todas as atividades relacionadas à obtenção da garantía da União e nas negociações junto ao Banco. Atualmente é responsável pela Coordenação do Programa Innovar para Crescer, objeto da primeira operação de empréstimo junto ao BID, no qual serão investidos cerca de US$ 700 milhões em projetos de inovação. Concomitantemente, participou diretamente na elaboração e aprovação do Programa Inova Clima, objeto de uma linha de crédito de 150 milhões de euros junto ao KfW – Banco de Desenvolvimento Alemão. Este Programa tem como objetivo mitigar as emissões de GEE através do apoio a projetos de inovação nos setores de energía, eficiencia energética e aproveitamento de residuos para geração de energia.